Pular para o conteúdo

Cultura à Milanesa

Cristina está de qual lado na segunda temporada de Irmandade?

Após o final de tirar o fôlego da primeira temporada da série Irmandade, da Netflix, era de se esperar que a personagem Cristina ( Naruna Costa), voltaria afetada por aqueles eventos. A balança que guia a personagem está sempre afetada pelo envolvimento de sangue com o irmão Edinho (Seu Jorge), líder da organização criminosa chamada Irmandade, organização criminosa, sua própria bússola moral, e a chantagem por parte de agentes do governo que não tem ressentimento em usa-la para atingir seus objetivos.

 

No trailer da segunda temporada, temos Cristina dizendo o lema da organização na frente do espelho, talvez um indicativo claro de que ela escolheu um lado na guerra. A série provoca na audiência um sentimento de dualidade semelhante ao que embarcamos nas premiadas Breaking Bad, Better Call Saul, onde os personagens pervertem códigos éticos e morais buscando algum objetivo teoricamente justificado para eles e pela experiência de vida.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=1kbhCP7joYw[/embedyt]

Possivelmente, a bússola moral que tentará trazer Cristina de volta serão os personagens que estão repensando a participação anárquica e criminosa, como o seu namorado, que está no crime com desejo de sair e começar uma nova jornada, ou seu irmão mais novo, que após enfrentar a opressão do governo sobre ele, decide se perverter para ficar ao lado de Edson e a Irmandade, disparando o instinto de proteção da protagonista para mantê-lo seguro.

O embate entre a mulher de Edson (Seu Jorge), Darlene (Hermila Guedes) e Cristina, também é bastante aguardado. Afinal, Darlene representa talvez quem seria Cristina se ela estivesse totalmente ao lado da Irmandade. Sem spoilers, corram lá pra curtir muito isso!

plugins premium WordPress