Pular para o conteúdo

Cultura à Milanesa

Banner do programa "Pé na Bunda", do Spotify

Novo PODCAST original SPOTIFY, “Pé na Bunda” tem data de estreia.

Apresentado por Gabie Fernandes, Akapoeta e Igor Pires, o podcast Clube do Pé na Bunda abre as portas para todos os sofredores do Brasil no dia 17 de janeiro, grátis, só no Spotify. Confira o trailer abaixo.

 

 

Não é fácil, mas há quem consiga dar a volta por cima e olhar com humor para qualquer decepção amorosa. Conhecidos no universo digital por falarem de amor, Gabie FernandesJoão Doederlein (o Akapoeta) e Igor Pires (autor de Textos Cruéis Demais) se uniram no podcast Original Spotify Clube do Pé na Bunda para ler e comentar os mais excêntricos, inacreditáveis e até bizarros ‘foras’ já dados e levados na humanidade. Escute o trailer aqui.

Este trio, que se considera expert em corações partidos, estreia dia 17 de janeiro na podosfera com um clubinho seletivo para mostrar que rir da cara quebrada por cair nos papinhos que a vida coloca em nosso caminho é sempre o melhor remédio!

“Falar sobre pé na bunda é falar sobre um momento pelo qual todos nós passamos ou iremos passar na vida. Seja você a pessoa chutada ou aquele que chutou, sempre há uma história horrorosa sobre alguém que te machucou ou, no pior dos casos, você ter sido esta pessoa. O podcast Clube do Pé na Bunda surge justamente dentro deste contexto: para tratar sobre temas que aparentemente são pesados, mas, que de alguma forma, também são relacionáveis. Estaremos aqui para falar de amor, traição, ciúmes, autocuidado, perdão e tudo mais que os ouvintes nos trouxerem, com uma pitada de leveza, empatia e, claro, muito humor”, resume Igor Pires.

Trio apresentador do PODCAST, composto por Gabie Fernandes, João Doederlein (o Akapoeta) e Igor Pires (autor de Textos Cruéis Demais)

 

Original Spotify Clube do Pé na Bunda traz histórias inéditas de rejeição enviadas pelo público lidas pelos apresentadores e seguidas de conselhos (bons ou nem tanto) para achar uma saída e acabar com a sofrência. Como não podia faltar, Gabie, Akapoeta e Igor Pires compartilham e se apoiam em suas experiências pessoais. O Original Spotify Clube do Pé na Bunda estreia na segunda, 17 de janeiro, com episódios semanais, grátis, só no Spotify.

Sofredores do Brasil que quiserem entrar para o clube com suas histórias dolorosas e doloridas de ‘foras’ que levaram ou deram, podem contar todos os detalhes por email: “clubedopenabunda@ gmail.com (sem espaços)”.

Sobre Gabie Fernandes

Gabie Fernandes é criadora de conteúdo no canal Depois das Onze, que faz parte da network Dia Estúdio, com a amiga Thalita Meneghim. O canal teve início em 2013 e também deu origem a grandes projetos como a peça Tudo Bacana e às lives #50HorasAoVivo e #5DiasAoVivo. A produtora de conteúdo fazia faculdade de engenharia, mas quando descobriu que gosta de atuar, decidiu fazer faculdade na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). É autora do livro ’23 motivos para não se apaixonar’ pela Planeta Livros Brasil. E podcaster no DIACAST, ‘Só Ouço Falar’ e agora do Original Spotify Clube do Pé na Bunda.

 

Sobre João Doederlein [Akapoeta]

João Doederlein, conhecido nacionalmente como Akapoeta, começou a escrever aos 11 anos. Aos 19 criou um dos projetos literários mais virais e reconhecidos do Brasil, os “Ressignificados”, uma série de definições poéticas no formato de dicionário e que deu origem às obras “O Livro dos Ressignificados” e “Para Ressignificar Um Grande Amor”. Hoje, com mais de 2 milhões de seguidores em suas redes sociais, é autor da Companhia das Letras e escritor de quatro best sellers. Assinou, em 2018, uma das maiores coleções de natal da Imaginarium e foi responsável pela campanha de fim de ano da GNT em 2017. Com um quinto livro engatado para 2022, João começa o ano sendo parte do cast do mais novo podcast original do Spotify, o Clube do Pé na Bunda.

 

Sobre Igor Pires [Textos Cruéis Demais]

Há pelo menos dez anos Igor Pires escreve pras redes sociais e trabalha na disseminação de uma poesia periférica, acessível e inclusiva. Cria da periferia de Guarulhos, na grande São Paulo, foi bolsista do curso de Publicidade e Propaganda no Mackenzie, onde aprendeu sobre o universo das agências, bem como sobre a necessidade de estudar bem seu público-alvo, entendendo suas questões, criando a partir delas. Foi assim que nasceu o maior projeto autoral literário do Brasil, a página “Textos cruéis demais para serem lidos rapidamente”, em 2016, que hoje em dia conta com quase 5.5 milhões de seguidores nas redes sociais. De lá pra cá, identificando as paixões dos seus leitores, e aprimorando sua técnica e escrita, Igor conseguiu desenvolver uma linguagem própria, que se reflete em textos que abordam o amor, as relações humanas, a vida e todos os sentimentos que nos moldam. O que começou como um projeto no Facebook migrou, então, para quatro livros, todos publicados pela Globo Livros. Já são mais de 800 mil obras vendidas país afora e o autor se prepara para lançar seu quinto trabalho, ainda este ano, consolidando-se como uma das vozes mais potentes de sua geração.

 

 

plugins premium WordPress