Pular para o conteúdo

Cultura à Milanesa

Sesc RJ comemora neste fim de semana 78 anos do Palácio Quitandinha

Projeção audiovisual e exposição permanente contam a história do antigo hotel-cassino. Os 78 primeiros a chegarem para a visitação (modalidade livre) ao Palácio, no sábado, não pagam a entrada. Projeto Sesc Verão reforça a celebração com programação para toda a família.    

O Palácio Quitandinha – um dos principais pontos turísticos e centros culturais de Petrópolis, Região Serrana do Rio – completa 78 anos neste sábado (12/2). Para celebrar, o Sesc RJ, que administra o espaço e mantém uma unidade no local, convida o público a conhecer o interior do edifício e a história dessa joia arquitetônica inaugurada em 1944 para ser o maior hotel-cassino da América Latina.

As primeiras 78 pessoas que chegarem para a visitação livre, no sábado, não pagam a entrada. Nesse mesmo dia, o Sesc Quitandinha inaugura uma projeção de fotos e vídeos antigos que contam a história do Palácio. A exibição acontece na Cúpula, espaço que nos tempos áureos do cassino no Brasil abrigou a sala de apostas. Com 46,4 metros de diâmetro, a Cúpula do Quitandinha é a segunda maior do mundo, comparada à redoma da Basílica de São Pedro, no Vaticano.

O público pode aproveitar também e visitar a exposição permanente “Memória Quitandinha”, na Sala Dom Pedro. Em 8 módulos expositivos, com 10 segmentos temáticos, estão objetos, informações e conteúdos audiovisuais de diferentes épocas, permitindo ao visitante uma viagem pela história desse que já foi considerado o maior centro internacional de turismo do Brasil.

Outra atração é a exposição “Brinquedos do Brasil: Uma invenção de muitas mãos”. A mostra reúne brinquedos artesanais de diferentes regiões do país na Sala das Crianças. No local, os visitantes também podem apreciar as obras de Alceu Penna (1915-1980), figurinista, desenhista e ilustrador da revista O Cruzeiro. Seus desenhos, inspirados nas fábulas de Jean de La Fontaine, estampam as paredes da sala.

O projeto Sesc Verão, neste sábado e domingo (12 e 13/2), reforça a programação alusiva de aniversário do Palácio Quitandinha. Há atividades para toda a família: jogo da memória, estafetas cooperativas, jogos populares, tênis de mesa, apresentação artística circense com Edigar Supimpa e apresentação circense com a Fanfarra Clownesca. A programação vai das 10h às 16h.

SAIBA MAIS SOBRE O SESC QUITANDINHA

O palácio onde está localizado o Sesc Quitandinha, um dos principais cartões-postais do Estado do Rio de Janeiro, foi inaugurado em 1944 para ser o maior hotel-cassino da América Latina. O Palácio chama a atenção por sua beleza arquitetônica e grandiosidade – são aproximadamente 60 mil metros quadrados de área, que inclui todo o palácio e um grande lago.

O prédio faz referência ao estilo normando, tendência dos grandes cassinos europeus, decorado com inspiração nos cenários hollywoodianos pela cenógrafa americana Dorothy Draper. Seus amplos salões são um dos principais atrativos do lugar, tendo recebido personalidades nacionais e internacionais como Errol Flynn, Marlene Dietrich, Orson Wells, Lana Turner, Henry Fonda, Juan Domingos Perón e Evita, o rei Fassau, Getúlio Vargas, Emilinha Borba, Grande Otelo, entre outros, que por ali passeavam na época áurea dos jogos – até que os cassinos foram proibidos no país.

Em 2007, depois de um longo período fechado, o Sesc assumiu a administração do local e promoveu uma ampla reforma que revitalizou o local. Para 2023, a instituição planeja ampliá-lo e torná-lo o maior polo cultural, gastronômico e de lazer da Região Serrana. A cozinha do Quitandinha, onde eram preparadas as refeições das grandes personalidades que frequentaram o local, será reativada. Ali será criado um espaço de alimentação, convivência e lazer inspirado no Mercado da Ribeira, de Lisboa, e no mercado gastronômico Eataly, de Nova York. O objetivo também é envolver a agricultura familiar da região, que poderá usar o espaço como vitrine para seus produtos.

Informações e cronograma

plugins premium WordPress