Pular para o conteúdo

Cultura à Milanesa

Tonio Carvalho lança “Erês, guris, bacuris e outros PUTOS “, sua primeira obra literária para adultos.

O autor Tonio Carvalho lança “Erês, guris, bacuris e outros PUTOS “, sua primeira obra na literatura para adultos, onde, através de contos, fala da crua realidade das crianças e das suas trajetórias submetidas a sofrimentos e às desigualdades sócio-culturais, em um país que escolhe para quem olhar.

O livro, da Editora Kimera, será lançado no dia 05 de junho, das 19h às 22h, na Livraria da Travessa Botafogo, Rua Voluntários da Pátria, 97, com a presença do autor.

Sinopse 

As crianças do Brasil não são apenas os meninos e meninas, são os erês, guris, bacuris, pivetes, moleques, pivetes, garotos e garotas, miúdos e miúdas, putos – como a eles se referem em Portugal. Enfim, todos aqueles que são ou os que ainda somos, pixotes. A eles, este livro de contos é dedicado: aos que já se foram, humilhados, machucados, violentados e mortos e aos que ainda sobrevivem submetidos à maus tratos, miséria, fome, sede, frio, e ao mesmo ciclo perverso de humilhações e violências até a morte. Esse, infelizmente, é o mundo em que vivemos sob o olhar complacente dos que fomentam guerras, impõem discriminações de fé, sexo ou cor da pele. 

A indiferença ao sofrimento de crianças solitárias, largadas ao abandono, desnutridas, submetidas a trabalhos forçados semelhantes à escravidão não deveria passar despercebida. No entanto, essa realidade não é especialidade desses dois brasis – um rico e outro vulnerável – é o que se constata enquanto cresce a desigualdade aqui e no mundo: a desnutrição não é apenas física. A desnutrição do Saber, do Conhecimento, gera a miséria da Ignorância. E a ignorância leva, social e politicamente, a extremos perigosos.

Estes nossos pequenos aí revelados, em “Erês, guris, bacuris e outros PUTOS”, são fruto do nosso olhar incrédulo sobre a crueldade humana – o que nos deixa muito p***, não como o termo é de uso em Portugal.

Sobre Tonio Carvalho

Tonio Carvalho é autor e diretor teatral. Como escritor, “Erês, guris, bacuris  e outros PUTOS “significa sua estreia na Literatura para adultos, embora já tenha lançado um livro de poemas intitulado “No Feitiço das Festas de Fé”, inspirado em suas memórias da infância, vivida nos subúrbios do Rio de Janeiro.

Suas lembranças  do universo infanto-juvenil também o levaram à literatura e ao teatro para jovens. A “Coleção do Avesso” é um exemplo: textos bem humorados, poéticos ou provocadores como “A avó  dos dinossauros”, “Lia foi à Lua”, “O menino do avesso”, foram alguns dos oito livros da Coleção  que fizeram a diversão e a reflexão da garotada. 

Em teatro, Tonio escreveu e dirigiu para um público  que encantava e emocionava jovens e adultos. Sua dramaturgia e suas encenações o levaram a receber inúmeros  prêmios Mambembe, RioArte, APCA, etc. Entre textos e espetáculos, podemos ressaltar “As 3 luas de Junho”, “A idade do sonho”, “Em busca do coração secreto”, o auto de Natal “O mistério do boi surubim” – que teve a obra adaptada para o “Brava Gente” da TV Globo. Em sua trajetória criativa abraçou  a cultura popular ao desenvolver teatralmente uma obra específica  para o Museu de Folclore do Rio de Janeiro, encenando no próprio  museu “A brincadeira do boi voador”. Por sua identificação com a cultura popular, recebeu prêmios por textos para Mamulengos: “Mariazinha do bole-bole” e “Florzinha que não  se cheira e Firmino papa-tudo na rua do sobe e desce à caminho do Juízo”. Tonio criou com Dora Castellar o texto “Norma”, que também  dirigiu, resultando num espetáculo teatral considerado, no ano de sua estreia, como “um dos melhores do ano” pela crítica Barbara Heliodora.

Além do teatro e da literatura, Tonio tem a expectativa de ainda ver filmados vários roteiros para cinema: ” Belo”, “Kim”, “Dois Homens”, etc. Em breve terá seu “Pequeno Atlas Poético” apresentado ao público – uma obra dedicada aos brasileiros de todas as idades e ilustrada por Fred Vegele.

Ficha técnica

Título: “Erês, guris, bacuris e outros PUTOS”

Autor: Tonio Carvalho

Editora: Kimera

Edição: 1ª edição, 2024

168 p

Literatura brasileira, crônicas

ISBN 978-85-68883-80-8

Assessoria de Imprensa: Paula Ramagem

Revisão: Flor de Letras / Claudia Gouvêa

Capa: Tonio Carvalho

Editor: Vanderlei Sadrack

Projeto gráfico: Editora Kimera  

plugins premium WordPress