Pular para o conteúdo

Cultura à Milanesa

Encerramento da fase presencial do Festival Acordes do Amanhã acontece em São Gonçalo, no Rio de Janeiro.

Três cidades abraçam o Festival Acordes do Amanhã de forma presencial: Petrópolis, Rio de Janeiro e São Gonçalo, que terá uma programação especial no sábado (22/01), com apresentações da banda Baile Avant Garde (BAG) e convidados, no Teatro Armazém (@teatroarmazem) – Cenarte Dimensões (@cenarte), a partir das 19h. A cidade de Petrópolis, por sua vez, recebeu uma programação presencial no último sábado (15).

Só no Rio de Janeiro são mais de 70 apresentações que animam o dia e a noite do carioca.

No próximo dia 21 de janeiro, sexta-feira, a cidade do Rio de Janeiro vai receber a 2ª edição do Festival Acordes do Amanhã #MúsicasQueAbraçam. Praças, praias, hospitais e terminais de transporte público serão palco de apresentações, intervenções artísticas e gravações de videoclipes que acontecerão em diferentes pontos da cidade. Largo da Carioca, Cinelândia, Praça XV, Praça Mauá, Arpoador, Ipanema, Copacabana e Botafogo são alguns dos locais com atrações gratuitas confirmadas. As apresentações mesclam shows e intervenções musicais, que acontecem em locais estratégicos da cidade e visam aproximar o público dessa manifestação de afeto chamada música. A programação completa pode ser vista no site do festival (www.festivalacordesdoamanha.com.br).

Mesmo com o avanço da vacinação, alguns cuidados ainda são necessários para a realização de eventos deste tipo. As apresentações acontecem em locais abertos e seguem todos os protocolos de segurança contra a covid-19. “Os nossos palcos prevêem uma pequena estrutura no chão com balões, exatamente para auxiliar no distanciamento social. Teremos também álcool em gel em nossos espaços e nossos produtores serão instruídos a ter e solicitar esses cuidados, bem como o uso de máscaras”, pontua Paulo Feitosa, diretor da Quitanda Soluções Criativas, realizadora do evento.

O que é o Festival Acordes do Amanhã?

O Festival Acordes do Amanhã se configura como um complexo de atividades que busca promover a integração entre instituições que atuam na formação e educação musical, possibilitando a circulação e difusão da música. A segunda edição do Festival no Estado do Rio de Janeiro será realizada em caráter híbrido contando com uma programação presencial e online. Deste modo, o projeto contempla o processo de transição para a reabertura das atividades presenciais.

As apresentações acontecerão em teatros e em espaços públicos ao ar livre, como mercados e escolas, mantendo o caráter descentralizado que o Festival traz desde seu início.

Serão realizados 3 programas em formato de Live-show com apresentação de 3 artistas de renome nacional, 3 instituições de ensino de música e 3 artistas locais, que contarão com público presencial e transmissão online.

 

O Festival contará ainda com 50 apresentações de pequeno formato e 50 intervenções sonoras de artistas e grupos locais – selecionados por meio de convocatória – em diversos espaços públicos, contemplando cinco cidades fluminenses e descentralizando a programação. Ao todo, serão realizadas 100 apresentações musicais gratuitas. Todas as atividades do Festival Acordes do Amanhã são gratuitas e abertas ao público e tem classificação livre.

O evento terá as participações especiais de: banda BAG – Baile Avant Garde (@baileavantgarde) recebe os convidados Emerson Rodrigues (@emersonroficial), Chelle (@sigachelle) e Velho Oliveira (@velhooliveira) pra cantarmos juntos. O DJ Cris Pita (@cris.pita) vai comandar os intervalos!

A circense Andressa Rodriguez (@andressa_rodriguez_pernasdesal) @pernasdesal_rj também vai estar presente com uma intervenção artística em pernas de pau.

 

 

Sobre o evento:

Desde 2017, o Festival promove uma intensa programação musical para espaços públicos, como:praças, parques, mercados, terminais de ônibus, feiras livres, linhas de metrô e de ônibus, escolas e hospitais. Ao todo, 12 cidades viveram a experiência de celebrar a arte por meio da música no Ceará e no Riode Janeiro. Dentre as cidades cearenses contempladas com a programação musical estiveram Fortaleza, Itapajé, Guaramiranga, Caucaia, Aquiraz, Sobral, Orós e Paracuru. Em Niterói, onde o festival teve início, foram realizadas 41 apresentações em 21 espaços públicos. Já na capital carioca, foram 37 intervenções musicais, distribuídas em 20 locais públicos da cidade. As 89 apresentações foram distribuídas em 38 locais pelas cidades de Petrópolis, Teresópolis e São
Gonçalo. O conceito da primeira edição no RJ foi “Somos Música” como forma de simbolizar a importância do impacto da arte no cotidiano de quem vive o espaço público.

 

✨ É gratuito, só vem! Traga sua máscara e cartão de vacinação! 💚

18:30 – Roda de conversa sobre Meio Ambiente com Eduardo Cavalieri

20:00h – Baile Avant Garde

Maiores informações em :
@acordesdoamanha

SÓ PRA TE GUIAR

plugins premium WordPress