Pular para o conteúdo
Home » Wiki Pages » Causos (HQs)

Causos (HQs)

[full_width] Causos é uma série ficcional de quadrinhos criada por Eberton Ferreira, quadrinista da cidade de São Gonçalo, no Rio de Janeiro. A saga contará a história dos Gonçalo, família que se estabelece no Brasil Colônia e acaba no centro de uma batalha contra uma sociedade secreta influente e obscura infiltrada em todas as camadas do Novo Mundo, estes grupos ritualísticos oferecem perigo aos povos indígenas e colonizadores e os Gonçalo emergem como investigadores destes assassinos que utilizam símbolos e vestimentas características, criando lendas e história nos bastidores desse sombrio jogo de domínio e sobrevivência. [/full_width]

PERSONAGENS PRINCIPAIS

[one_half]

Jorge Gonçalo

Personagem protagonista da série Causos, de Eberton Ferreira, Gonçalo veio ao Brasil nas caravelas em 1531 com sonhos de aventura e exploração. Utilizando o título de nobreza da família, veio ao Novo Mundo em busca de aventura. Ao chegar aqui, com uma visão bastante elitista europeu, mergulhou numa jornada sombria como bandeirante. 

(Saiba mais sobre Jorge Gonçalo

[/one_half] [one_half_last]

Jorge Gonçalo e Cuca derrotada

[/one_half_last] [one_half]

Rui Gonçalo

Personagem é filho de Jorge Gonçalo e sua esposa Raíra, um europeu e outra tupiniquim, Rui cresceu aprendendo com o pai durante suas lutas contra os assassinos que surgiram em solo brasileiro.

(Saiba mais sobre Rui Gonçalo

[/one_half] [one_half_last]

Gonçalo, Rui, filho de Jorge Gonçalo.

[/one_half_last] [one_half]

Iberê Tupiniquim 

Iberê é personagem fictício, indígena dos tupiniquins, que viveu durante o Brasil Colônia. Iberê  foi fundamental na transformação de Gonçalo depois da sua chegada no Brasil. Quando ele era ainda bandeirante, participou de inúmeras violências contra a mulher e com as culturas. Sua visão de que os indígenas eram selvagens incultos se transformou com essa irmandade e depois com o seu casamento com Raíra, irmã de Iberê.

Saiba mais sobre Iberê

[/one_half] [one_half_last]

Iberê dos Tupiniquins

[/one_half_last]

VILÕES

[one_half]

O Demônio das Matas

Assassino que aterrorizou o Brasil colônia e primeiro oponente de Gonçalo e Iberê. Principal característica eram os pés decepados das vítimas.

Saiba mais sobre 'O Dêmonio das Matas'

A Bruxa da Floresta

Segundo inimigo da série. Surgiu trinta anos após os eventos da luta contra o demônio das matas.

Saiba mais sobre 'A Bruxa da Floresta'

O Devorador de Almas

Logo em seguida da derrota da Cuca, surgiram indícios de que um novo assassino em série surgiria no Brasil Colônia.

Saiba mais sobre 'O Devorador de Almas'

O Monstro do Rio

Duas histórias em uma só, pai e filho, em tempos diferentes, terão que se unir na investigação para perseguir um perigoso inimigo.

Saiba mais sobre 'O Monstro do Rio'

[/one_half] [one_half_last]

[/one_half_last]

 


OBRAS PUBLICADAS

[one_half]

Causos 1 – O Demônio das Matas

Brasil colônia, 1533 d.C. Misteriosos assassinatos envolvendo a amputação e o desaparecimento dos pés das vítimas aterrorizam as tribos indígenas e o povoado da Vila São Vicente. Gonçalo, um jovem aventureiro português se une a Iberê, uma indígena tupiniquim para juntos tentarem capturar ou eliminar o assassino, que acreditam ser uma criatura maligna, apelidada por todos de “O Demônio das Matas”. Muito suspense, aventura e cenas chocantes fazem parte desta trama criada pelo roteirista, ilustrador e quadrinista Eberton Ferreira, levando o leitor a viajar em um “causo” em que fatos reais e históricos se fundem com a ficção.

[/one_half] [one_half_last]

Capa de Causos #1: O Demônio das Matas

[/one_half_last] [full_width]

RESENHA DA OBRA

YouTube player
[/full_width]
[one_half]

Causos 2 –  A Bruxa da Floresta

A história é ambientada no Brasil colonial mostrando a dupla, Gonçalo e Iberê de volta trinta anos depois da primeira aventura. O nobre desbravador português e o fiel companheiro indígena da tribo tupiniquim estão novamente à frente de uma investigação por conta de outra ameaça que surgiu para aterrorizar nativos e brancos residentes na ilha de São Vicente, situada no litoral paulista  do ano de 1563 d.C. Desta vez uma criatura rapta crianças e usa o método da extirpação para enviar recados aos protagonistas. Muito suspense, ação e cenas chocantes fazem parte dessa trama criada pelo quadrinista Eberton Ferreira. O leitor é levado a viajar em um novo “causo” fundindo fatos reais e históricos com a ficção, recriando a maneira de contar as origens do nosso folclore.

[/one_half] [one_half_last]

Capa de Causos 2: O monstro do rio.

[/one_half_last] [full_width]

RESENHA DA OBRA

YouTube player
[/full_width]
[one_half]

Causos 3 – O Devorador de Almas

Brasil colônia, 1567 d.C. Três anos após a última aventura, Gonçalo e Iberê estão de volta para resolverem outro mistério. Perseguido por aqueles que um dia chamaram-no de herói, o desbravador é acusado de ter sido cúmplice da bruxa que assolou os habitantes da ilha de São Vicente em um passado recente e de ser o próprio “Devorador de Almas”. Sem apoio da Coroa Portuguesa, conta apenas com a ajuda do fiel amigo tupiniquim para limpar o seu nome, proteger a família e seguir os rastros deixados por uma criatura vívida na crença nativa e que é a responsável pelos assassinatos das adolescentes indígenas encontradas sem os olhos. Mantendo as habituais cenas impactantes, ação e suspense, o quadrinista Eberton Ferreira traz aos leitores um novo “causo” onde se pode esperar mais revelações sobre as origens do nosso rico folclore.

[/one_half] [one_half_last]

Capa do Causos 3 – O Devorador de Almas

[/one_half_last] [full_width]

RESENHA DA OBRA

YouTube player
[/full_width]
[one_half]

Causos 4 – O Monstro do Rio

Desta vez a aventura se dará em terras Amazônicas do Brasil colonial no ano de 1578. Dez anos depois do último inquérito que participou ao lado do amigo bandeirante, Iberê, agora um cacique da tribo tupiniquim segue em busca do mameluco Rui, filho de Gonçalo que está gravemente adoecido e moribundo por conta de outra desgraça ocorrida no seio familiar. Juntos, tio e sobrinho tentarão desvendar o mistério das mestiças mortas pelo então denominado “Monstro do Rio”. Prepare-se para encarar o mal em sua maior forma!

[/one_half] [one_half_last]

Capa de Causos 4: O monstro do Rio

[/one_half_last] [full_width]

RESENHA DA OBRA

YouTube player
[/full_width]