Pular para o conteúdo

Cultura à Milanesa

Telefilme regional “Beleza da Noite”, coprodução Globo Filmes e Movida Conteúdo, aumenta audiência de Salvador em 28%

A produção baiana “Beleza da Noite”, coprodução Globo Filmes e Movida Conteúdo com direção de Cecília Amado e Dayse Porto, foi ao ar na última segunda-feira (23) na TV Globo e aumentou em 28% a audiência de Salvador. No Brasil, o número subiu para 4%. Já em São Paulo, o crescimento foi de 3%. Os dados foram obtidos a partir da comparação com os índices de audiência das quatro últimas segundas-feiras. 

“Beleza da Noite” foi a primeira obra de uma série de telefilmes regionais a ser exibida na “Tela Quente” em 2023. Em suas primeiras edições do ano, o programa vai reproduzir outros cinco projetos coproduzidos pela Globo Filmes em parceria com outras produtoras, emissoras regionais e afiliadas.

Na trama, Michellini (Larissa Luz) trabalha como babá e decide dar de presente uma boneca para a filha de sete anos, Suellen (Mayana Aleixo). No entanto, a menina escolhe uma boneca branca ao invés de uma de pele preta. Michellini começa a se questionar sobre a beleza negra e a autoestima do povo preto, até que é convencida por duas amigas a participar do Concurso da Beleza Negra do Ilê Aiyê. Assim, ela acredita que pode mudar a impressão que Suellen tem sobre a beleza de seu povo.

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=DHf9v6cPo7s[/embedyt]

A exibição de telefilmes regionais tem o objetivo de valorizar a diversidade brasileira, profissionais e talentos locais, além de atingir diversos públicos e interesses. Por meio deste projeto, que já tem cinco anos, a Globo Filmes ressalta a cultura e a comunidade de outras regiões do Brasil, envolvendo mais de 250 talentos. Já foram desenvolvidos projetos nos estados Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais e Pernambuco. Ao todo, já foram recebidos e avaliados mais de 300 projetos, com 14 telefilmes exibidos na televisão, sendo quatro deles em rede nacional.

BELEZA DA NOITE_STILL E MAKING OF_DIA08_02

No dia 30 de janeiro, será exibido “Fuga de Natal”, do Distrito Federal, dirigido por Gui Campos, com produção da Gancho de Nuvem e Lumiô Filmes. Já em fevereiro, a programação contará com quatro filmes. “Baião de Dois”, do Ceará, com direção de Allan Deberton e André Araújo e produção da Deberton Filmes. “Amor ao Quadrado”, do Distrito Federal, dirigido por René Sampaio e produzido pela Barry Company. “Guerra da Tapioca”, de Fortaleza, com direção de Wislan Esmeraldo e Luciana Vieira. A produção é da Tardo Filmes. Já “A Presepada”, de Recife, tem direção de Rodrigo César e produção da ZQuatro Studio. Todos os cinco filmes também foram coproduzidos pela Globo Filmes.

 

Sobre a Globo Filmes

Construir parcerias que viabilizam e impulsionam o audiovisual nacional para entreter, encantar e inspirar com grandes histórias brasileiras – do cinema à casa de cada um de nós. É assim que a Globo Filmes atua desde 1998. Com mais de 400 filmes no portfólio, como produtora e coprodutora, o foco é na qualidade artística e na diversidade de conteúdo, levando ao público o que há de melhor no nosso cinema: comédias, romances, infantis, dramas, aventuras e documentários. A filmografia vai de recordistas de bilheteria, como ‘Tropa de Elite 2’ e ‘Minha Mãe é uma Peça 3’ – ambos com mais de 11 milhões de espectadores – a sucessos de crítica e público como ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’ e ‘Carandiru’, passando por longas premiados no Brasil e no exterior, como ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar – e ‘Bacurau’, que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes. Títulos mais recentes como ‘Marighella’, ‘Turma da Mônica: Lições’ e ‘Medida Provisória’ fizeram o público voltar às salas pós-pandemia para prestigiar um cinema que fala a nossa língua.

plugins premium WordPress